Publicado em

Relacionamento interpessoal: como resolver conflitos com sucesso

resolver conflitos - elisandra cabral - origem do problema

Resolver conflitos nas empresas é tarefa árdua. No entanto, alguns pontos podem fazer com que essa solução aconteça de forma mais eficiente.

Isso porque os problemas entre os funcionários geralmente acontecem por falha na comunicação. Neste post preparamos dicas para resolver conflitos. Confira!

1 – Identifique o ponto de conflito

A primeira ação ao se deparar com um conflito em sua empresa é saber qual a origem do problema. É preciso identificar se a origem é profissional ou pessoal.

Muitas vezes, as pessoas que passam por problemas com os filhos, com a família, com parentes. E o reflexo dessas questões chega ao ambiente de trabalho. O funcionário se torna nervoso, ansioso, estressado e termina por descontar em seus colegas.

Outras vezes, os conflitos acontecem exatamente no local de trabalho. São brigas por metas, bônus, reconhecimento pessoal. Os funcionários prendem informações e dificultam a vida dos colegas para que eles não rendam mais.

Dessa maneira, ao identificar a real origem do problema você já pode começar a analisar a situação para resolver conflitos.

2 – Avalie a repetição do tipo de conflito

Outro fator interessante é a quantidade de vezes que o mesmo tipo de conflito ocorre. Notando que há uma repetição, procure saber o motivo dela. Listamos aqui algumas situações correntes nas empresas com dicas rápidas de solução:

Situação 1: É o mesmo funcionário com o mesmo tipo de conflito

O problema pode ou não estar no funcionário. Avalie o tempo de empresa que ele tem e se o conflito é gerado por uma questão empresarial ou não.

  • João é funcionário novo e está tendo conflitos por querer modificar os processos dentro da empresa com ideias inovadoras. Escute as ideias e mostre ao João a cultura da empresa. Quem sabe não é interessante o que ele está propondo?
  • Joaquim é funcionário antigo e está incomodado porque José, que entrou há dois anos, foi promovido. Todas as vezes que alguém é promovido, Joaquim cria um problema na empresa. Converse com Joaquim e analise se existe uma forma de promovê-lo também. Você pode trocar a função exercida por ele sem ter que mexer no salário. Não deixa de ser uma promoção, não é mesmo?

Situação 2: É o mesmo funcionário com tipos de conflitos diferentes

O problema, provavelmente, está no funcionário. Tenha uma conversa em particular com ele e o escute.

  • Mário é funcionário antigo e seu salário é mantido no mesmo valor por muito tempo. Verifique o plano de carreira da empresa e converse com Mário.
  • Mariana é funcionária e está em uma série de conflitos que vem acontecendo na empresa. Pense em ter uma conversa franca com ela para analisar se o problema é realmente profissional ou pessoal.

3 – Reúna-se separadamente com as partes

resolver-conflitos-elisandra-cabral-conversa-individual

Os funcionários criaram um problema tão grande que chegou a você todo rebuscado. A solução mais viável para resolver conflitos é escutar as partes em separado. Juntas, você já sabe que não haverá consenso.

Leva um pouco mais de tempo ouvir as pessoas em separado, mas vale a pena. Aproveite e já trace um perfil dos funcionários. Devolva o problema: pergunte a eles mesmos, como eles gostariam que a questão fosse resolvida.

4 – Faça uma reunião para resolver conflitos

Após a conversa com as partes envolvidas em separado, convoque todos os envolvidos para uma reunião. Tenha uma pauta antes de falar e exponha essa pauta a eles.

Seguindo a pauta, dê você a interpretação do conflito e veja se as partes concordam. Como, “nós estamos aqui porque Joaquim e Mario se desentenderam quanto a quem vai apresentar o novo produto da empresa. Joaquim se acha mais habilitado por saber técnicas de oratória. Mário quer a preferência por saber montar uma apresentação impecável. Esse é o problema, concordam? ”

Após a concordância deles, proponha uma ação efetiva. “Neste momento vamos optar por Mario porque o foco é na imagem ou por Joaquim porque a oratória dele vai convencer os acionistas”.

resolver-conflitos-elisandra-cabral-encerre-a-reunião

Terminou a pauta? Encerre a reunião.

Agora que você já sabe como resolver conflitos em sua empresa, que tal aprender a preveni-los? Leia nosso post: Aprenda a prevenir conflitos em sua empresa com 5 passos eficientes.

Deixe uma resposta