Publicado em

Quais os fatores determinantes para o sucesso na oratória?

ucesso na oratória - elisandra cabral - dica 1

Que para ter sucesso na oratória é preciso falar bem, você já sabe. Sabia que existem outros fatores que são determinantes na hora de fazer uma palestra? E, mais, que existem formas de prevenir problemas?

Neste post separamos os fatores determinante para que você seja o principal orador do evento em que for falar em público. Confira!

Analise das circunstâncias do evento para ter sucesso na oratória

Na fase de preparação de sua palestra é importante se atentar para fatores como as circunstâncias em que ocorrerão o evento, o perfil do público e o local. Isso é o que chamamos de preparação básica porque ela acontece antes do evento e é imprescindível para o sucesso de sua apresentação.

É, essencialmente, um momento de planejamento de tudo o que você irá fazer.

1. Qual o nível de informalidade?

A partir do grau de formalidade do evento é que será decidido o tipo de linguagem a ser utilizada. Para eventos mais formais eleja um vocabulário culto e procure evitar gírias. Se o evento for mais informal, utilize gírias, mas com moderação. Palavras de baixo calão são proibidas nas duas situações.

2. Por que lhe pediram que falasse? O que esperam de você?

Dentre milhões de pessoas para falar, você foi a escolhida. O mínimo a fazer é descobrir o porquê. Certamente o contratante, mesmo que seja para apresentar um trabalho na empresa, tem uma expectativa em relação à sua apresentação.

Se a expectativa for frustrada, a chance de sucesso na oratória é muito pequena. Por isso, pergunte a quem lhe pediu para falar, o que ele espera do evento.

3. Haverá mais oradores? Se for o caso, quem serão, qual o tema abordarão? Falarão antes ou depois de você?

Ninguém trabalha sozinho. É muito importante saber quantas pessoas vão falar e o que elas vão dizer.

Primeiro, para que você não contradiga ninguém; segundo, para que o assunto não seja repetitivo; e terceiro, para aproveitar e fazer um network.

4. Haverá perguntas ou debate no final?

Saber o tempo que você tem para falar inclui saber se terá mais tempo para perguntas ou se o evento culminará em um debate.

5. Haverá alguém encarregado de presidir o ato?

Se um mestre de cerimônia for apresentar o evento, você precisa saber como ele vai lhe apresentar. Se não houver ninguém para executar essa tarefa, é importante que no início de sua fala, você o faça.

6. Que roupas serão mais adequadas? Como ir vestido?

A partir da resposta as cinco perguntas acima, já é possível determinar qual a melhor vestimenta para a ocasião. Lembre-se, no entanto, de que a roupa deve aparecer menos que você e, principalmente, não deve apertar o pescoço e nem o diafragma.

Caso contrário, você pode ter cansaço vocal em pouco tempo, perder a voz e apresentar dificuldades para respirar.

Identifique com clareza o perfil do público

Sucesso-na-oratória-elisandra-cabral-dica-2

7. Quantas pessoas são esperadas?

A quantidade de pessoas esperadas é o que determina o tipo de apresentação que é possível fazer. Para grupos muito pequenos, podem ser feitas perguntas para interagir com o público; já para grupos médios, é uma boa ideia realizar dinâmicas; e, em grupos grandes, o ideal é utilizar perguntas retóricas.

Envolva o seu público em sua fala e o sucesso na oratória estará garantido.

8. Que nível de conhecimento terão sobre o tema a ser abordado?

Você fala para o público, a palestra é para ele, não para você. Portanto, precisa saber quais os termos são mais apropriados para serem utilizados. Se for usar um termo técnico, certifique-se da ocorrência dele naquele meio e na quantidade de pessoas que sabem o que você está falando.

É sempre aconselhável explicar um termo que não seja muito corrente e que você precisa utilizar na apresentação.

Conheça o local de apresentação

Sucesso-na-oratória-elisandra-cabral-dica-3

Para analisar o local em que o evento acontecerá, as informações devem ser bem objetivas. São pequenos detalhes técnicos que podem prevenir grandes problemas na hora da apresentação.

9. Terá que falar do alto de uma plataforma?

Com essa informação será possível programar o tipo de movimentação que você poderá fazer no palco. Pessoas que se movimentam no palco durante a fala tendem a ter mais engajamento do público.

10. De que maneira estão dispostos os assentos da plateia?

O público precisa lhe ver de todos os ângulos necessários em sua apresentação. A disposição dos assentos é o que determina qual a visão de cada expectador.

Se você não tiver certeza de visibilidade, coloque um ponto fixo no meio do palco e sente-se em locais diferentes para analisar a plateia.

11. Haverá um pódio, átrio ou mesa?

Essa pergunta determina que tipo de apoio a ser utilizado. Se só tem você e o palco, decore a palestra e use slides para se recordar dos pontos chave.

12. Como é a acústica do local?

Parece óbvio, mas não é. Conhecer a acústica do local implica em saber como seu público vai ouvir o que você tem a dizer. Assim, pergunte se existe algum tipo de equipamento para se dirigir a platéia? E, em caso positivo, qual é o tipo de microfone?

13. Que tipo de suporte visual existe?

Essa pergunta é só para lembrar o que todo mundo já sabe: é preciso testar todo equipamento tecnológico antes da sua apresentação. Se o local tiver um projetor de slides, como manuseá-lo? Aceita o mesmo tipo de slides que o seu projetor?

Na dúvida, leve sua apresentação em três modalidades diferentes de acesso: um computador, um pen drive e em e-mail.

E não se esqueça de testar os vídeos da apresentação. Nem todos abrem em todos os equipamentos.

14. Onde ficam as tomadas?

E o que o palestrante tem a ver com as tomadas? Muito! Já pensou em programar uma palestra e levar um tombo no meio do palco porque tropeçou em um fio?

Falar em público é uma tarefa que exige comprometimento, esforço, estudo e preparação. Agora que você já analisou os pressupostos básicos para ter sucesso na oratória, que tal fazer um curso completo e aplicar tudo isso na prática. É só contratar Elisandra Cabral a partir desse link.

Deixe uma resposta